sábado, 12 de março de 2011

Carta de D.Pedro para D.Inês.

Amada Inês
Fazes-me falta ó meu grande amor, que morreste com dignidade e me foste sempre fiel.
Sofro aqui sozinho com os nossos filhos, pois nos abandonaste neste mundo sem justiça.Guerra em cima de guerras, mas guerra sem ti não é a mesma coisa; minha vida, sem ti, não é vida, é solidão. Neste mundo nos encontramos, mas o nosso amor vai mais além do que este mundo.
Na minha memória fica esse teu rosto suave e lindo.
Nossos filhos em desespero, e eu muito só, neste reinado cheio de tristezas.Tu e só tu o farias feliz e alegre.
Para mim, aqui na terra, serás sempre a minha princesa e quando me tornar rei, serás sempre a minha rainha. Um dia irei ter contigo a esse lugar maravilhoso, é só uma questão de tempo para que o nosso amor nos reúna.
Tu, minha linda Inês, com esses fumosos olhos me deixaste neste mundo.
Prometo-te fazer justiça com as minhas próprias mãos.
Irei ter contigo quando o meu destino acabar e o nosso amor se encontrar.

      Sempre teu,
         Pedro

David, 9º B


Sem comentários:

Publicar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.