sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

Auto da Barca do Inferno no Teatro do Campo Alegre

O Auto da Barca do Inferno de Gil Vicente é uma peça muito divertida, e faz rir muito as pessoas. Mas eu acho que houve coisas, lá na peça, que eu estava à espera de ter sido diferente. Por exemplo, não estava à espera que na cena do Parvo, a sua fala tenha sido transformada numa canção rap. Eu gostei muito da peça que vimos.

Diana Cef A

Sem comentários:

Publicar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.